Compartilhe:

Via Agência Sergipe de Notícias – texto na íntegra

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tem desempenhado um papel fundamental no salvamento de vidas durante a pandemia do novo coronavírus, tanto a pacientes da doença quanto às pessoas vítimas de causas externas. Os números são impressionantes. Em apenas um dia, última quinta-feira, 04, registrou-se um recorde, quando foram realizados 44 atendimentos entre transferências e outras ocorrências através de Unidades de Suporte Avançado (USA) e 96 assistências para mesma finalidade via Unidades de Suporte Avançado (USB) e motolâncias.

Entre a segunda-feira, 1º, e o domingo, 07, o Samu recebeu 6.057 chamadas, geradas por pedidos por atendimento, transferência de pacientes, regulação médica, solicitação de informações e até trotes. Estes representaram, no período, 6% do total de ligações, segundo informações do informativo semanal Samu 192 Sergipe.

No período, o Serviço realizou 253 transferências de pacientes, 729 atendimentos através de Unidades de Suporte Básico (USB), 252 via Unidades de Suporte Avançado (USA) e 37 com motolâncias, segundo informou o superintendente do Samu, Dênison Pereira da Silva, salientando que os atendimentos por causas externas foram motivados principalmente por queda de moto (50); colisão carro e moto (38); queda (37), e ferimento por arma de fogo (16).

Segundo ele, a excelência no desempenho do Samu se dá tanto pelo compromisso da gestão quanto pelo empenho das equipes. “Somos gratos pelo compromisso e objetividade emprestados nos atendimentos por todos que compõem o serviço, o que garante assistência qualificada e célere à população sergipana”, disse o superintendente do Samu.

“Em meio a tudo que está acontecendo, estamos juntos fazendo o Samu crescer ainda mais, com transparência e excelência, a partir de um trabalho sério, com responsabilidade e acima de tudo, humanizado”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *