Compartilhe:

Neste sábado, 13, o Estado de Sergipe registrou 716 casos e 17 mortes que estavam em investigação por COVID-19 e foram confirmadas, o maior número de óbitos desde o início da pandemia em março de 2020. Assim, 158.251 pessoas já testaram positivo para a Covid-19 e 3.105 morreram. Até o momento, 147.365 pacientes foram curados.

As 17 mortes foram: um homem, 52 anos, de Aracaju, sem comorbidade; uma mulher, 56 anos, de Nossa Senhora do Socorro, sem comorbidade; um homem, 72 anos, de Carira, sem comorbidade; um homem, 78 anos, de Aracaju, com diabetes e hipertensão; um homem, 77 anos, de Itaporanga, sem comorbidade; uma mulher, 88 anos, de Gararu, com diabetes e hipertensão; uma mulher, 65 anos, de Aracaju, sem comorbidade; uma mulher, 69 anos, de Areia Branca, sem comorbidade; uma mulher, 55 anos, de Estância, sem comorbidade; um homem, 55 anos, de Nossa Senhora do Socorro, sem comorbidade; uma mulher, 64 anos, de Nossa Senhora do Socorro, com hipertensão; uma mulher, 67 anos, de Nossa Senhora do Socorro, com doença renal crônica, diabetes e hipertensão; uma mulher, 83 anos, de Aracaju, com cardiopatia e hipertensão; uma mulher, 97 anos, de Aracaju, com hipertensão; uma mulher, de 81 anos, da Barra dos Coqueiros, com diabetes e hipertensão; um homem, 88 anos, de São Domingos, com hipertensão; um homem, 31 anos, de Itabaiana, sem comorbidade.

Foram realizados 333.106 exames e 174.855 foram negativados. Estão internados 633 pacientes, sendo que no serviço público são 150 em leitos e UTI (adulto), quatro na UTI neonatal/ pediatria e 141 em leitos clínicos (enfermaria), totalizando 295. Já nos leitos do serviço privado estão internados 142 pessoas na UTI adulta, sete na UTI neonatal/ pediatria e 189 em leitos clínicos, totalizando 338. O Hospital Universitário de Lagarto e o Hospital São José estão com 100% nos leitos de UTI.

São investigados mais 16 óbitos. Ainda aguardam resultados 5.363 exames coletados. Os

Com informações da Secretaria de Estado da Saúde de Sergipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *