Compartilhe:

Via Agência Sergipe de Notícias – texto na íntegra

A Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) finaliza as ações do mês de março, com uma importante ação de soltura de animais silvestres. Na última semana, equipes de especialistas do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) devolveraram ao seu habitat natural 60 aves silvestres de diversas espécies, entre elas, três papagaios do mangue (Amazona Amazônica), oriundas de resgate e apreensão, tanto pelo órgão estadual como pelo Pelotão Ambiental.  

Enquanto estiveram sob os cuidados dos profissionais da Adema, os animais receberam identificação de acordo com cada bioma pertencente, sendo que o material fecal de alguns deles foi encaminhado para exames laboratoriais detalhados no Centro de Aprendizagem e Manejo de Animais Silvestres (CAMASE), do campus do Sertão da Universidade Federal de Sergipe, em Nossa Senhora da Glória, no Território Alto Sertão Sergipano.

Resgates

Na última semana, uma Coruja Suindara (Tyto furcata) chamou a atenção de alguns moradores de Nossa Senhoras das Dores, no Médio Sertão Sergipano. Uma vez acionada, a equipe de técnicos em fauna da Adema constatou que a ave estava com uma das asas fraturadas, e, a fim de que ela recebesse os cuidados imediatos, foi encaminhada para o CAMASE, em Nossa Senhora da Glória. 

No centro da capital sergipana, uma cobra cipó (Dendrophidion dendrophis) causou susto em colaboradores de uma loja na Avenida Hermes Fontes, e, após avaliação pelos técnicos, o réptil foi solto em área de reserva ambiental. Já no Conjunto Marcos Freire II, no município de Nossa Senhora do Socorro, um Carcará (Caracara plancus) foi encontrado no quintal de uma residência, debilitado e com uma das asas quebrada. Após a avaliação, a ave foi encaminhada para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), no Zoológico de Aracaju, onde foi analisado detalhadamente e ainda recebe cuidados veterinários. 

Para o resgate de animai silvestres, a população deve entrar em contato com os agentes da Adema por meio do telefone (79) 99191

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *