Compartilhe:

A Promotoria de Justiça de Indiaroba ajuizou, nesta sexta-feira, 16, Ação Civil Pública contra o ex-prefeito de Santa Luzia de Itanhi, Edson Santos Cruz, por improbidade administrativa.

Baseando-se em uma representação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese), o MP de Sergipe investigou suposto nepotismo ocorrido quando, há época, o ex-prefeito nomeou o filho, Cledson Gomes Cruz, como titular da Secretaria de Juventude, Esporte, Cultura, Lazer e Turismo, e o irmão, Manoel Valter Cruz, para comandar a Secretaria de Infraestrutura do município. O Sintese, entretanto, argumenta que nenhum dos dois parentes possui formação técnica na área ou experiência profissional envolvendo a administração pública.

O Promotor de Justiça de Indiaroba, Peterson Barbosa, emitiu a Recomendação 004/2019 para que o então prefeito observasse as determinações do STF e exonerasse os dois familiares pois, segundo as apurações, ambos não teriam formação técnica para o exercício dos cargos.

“Esgotadas, portanto, as vias administrativas, sem a perspectiva de qualquer recurso que se subsumisse ao caso em tela, e diante da evidente presença de atos de improbidade, que importam no confronto de princípios fundamentais da administração pública, ajuizamos a presente Ação de Improbidade”, destacou o Promotor de Justiça Peterson Barbosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *