Compartilhe:

Via ALESE – texto na íntegra

Deputados estaduais prestigiaram na manhã desta segunda-feira, 16, a solenidade de assinatura de convênio, entrega simbólica de cestas de alimentos e doação de veículo, com presença do ministro da Cidadania, João Roma e do governador Belivaldo Chagas. A ação faz parte do projeto ‘Isso é Cidadania’ e o ato solene aconteceu na Secretaria de Estado da Inclusão Social (SEIAS).

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Luciano Bispo, parabenizou o Estado de Sergipe que, em menos de 30 dias, recebeu a visita de três ministros trazendo obras, recursos e, agora, cestas básicas para a população carente. “Essas cestas serão entregues a milhares de famílias e ajudarão a matar a fome dessas pessoas. Então, tudo que vier temos que ser gratos. Essa união entre os governos federal, estados e municípios só vai ajudar a população a atravessar esse momento de dificuldade da pandemia e pós-pandemia. Com essas iniciativas o povo sergipano só tem a ganhar”, enfatizou Luciano Bispo.

As cestas básicas serão entregues a população carente de 15 municípios.

Também prestigiando o ato solene, o presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto na Alese, Adailton Martins (PSD), relatou que a iniciativa é importante e a entrega de 3 mil cestas básicas a 23 comunidades de municípios sergipanos ajudará aqueles que necessitam e, principalmente os que ficaram prejudicados com a pandemia do Covid-19. “A parceria é importante para ajudar a população carente do Estado de Sergipe. E nesse período de pandemia, toda ajuda que chegar sempre será bem-vinda”, colocou.

Durante a solenidade, foram entregues, de forma simbólica, cestas básicas por meio da iniciativa Brasil Fraterno do Governo Federal, que serão encaminhadas a 23 comunidades, localizadas em 15 municípios sergipanos. A entrega conta com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Além disso, foi autorizada a liberação de recursos no valor de R$ 3.000.824,15, para o programa Alimenta Brasil, na modalidade de incentivo à Produção e ao Consumo de Leite, cujo objetivo é abastecer famílias em situação de vulnerabilidade com a distribuição gratuita de leite, além do fortalecimento da agricultura familiar.

O ministro da Cidadania, João Roma, enfatizou que a estimativa é de que, até o final do ano, Sergipe receba até 100 mil cestas básicas. “Nossa missão é, cada vez mais, estender as mãos para as pessoas que mais precisam. Estamos agindo para ajudar milhões de brasileiros neste momento da pandemia. Estamos trazendo o PAA Leite, focado na primeira infância, e, com ele, garantiremos um litro de leite para cada família”, enfatizou o ministro João Roma.

Segundo informações foram beneficiadas com cestas básicas as comunidades quilombolas Mocambo, em Aquidabã; Maloca, em Aracaju; Pontal da Barra, na Barra dos Coqueiros; Rua dos Negros, em Canindé de São Francisco; Fazenda Pirangi, Terra Dura e Coqueiral e Canta Galo, em Capela; Povoado Forte, em Cumbe; Bongue, em Ilha das Flores; Desterro, em Indiaroba; Ladeiras, em Japoatã; Mussuca, em Laranjeiras; Aningas, em Pirambu; Serra da Guia, em Poço Redondo; Lagoa do Junco, em Poço Verde; Quebra Chifre/Bela Vista, em Riachuelo; e Bode, Cajazeiras, Crasto, Pedra D’ Água, Pedra Furada, Rua da Palha e Taboa, em Santa Luzia do Itanhi.

Presenças

Além do presidente da Alese, Luciano Bispo, estavam presentes na solenidade os deputados estaduais Zezinho Sobral (PODEMOS), Luciano Pimentel (SEM PARTIDO), Adailton Martins (PSD), Jairo de Glória (PRB) e Capitão Samuel (PSD), que está licença médica para tratamento de saúde. Também marcaram presença o governador e a vice-governadora, Belivaldo Chagas e Eliane Aquino, o prefeito e a vice-prefeita de Aracaju, Edvaldo Nogueira e Katarina Feitoza, os deputados federais Fábio Mitidieri, Fábio Reis, Gustinho Ribeiro e Bosco Costa,  os vereadores Vinícius Porto e pastor Eduardo Lima, o ex-deputado federal André Moura, e os prefeitos Hilda Ribeiro, Esmeralda Leal, Silvany Mamlak, Louro Vieira, Adinaldo Nascimento, Guilherme Melo, Otávio Sobral e Alberto Macedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *